Carol Oliveira

11:11

Ultimamente tenho tido algumas provações.Sonhos estranhos, histórias passadas reaparecendo e desaparecendo, confusões de direções a seguir.Talvez, uma certa influência de mercúrio retrógrado em uma lua cheia, mostrando tudo sem véus. Talvez um estalo de autoconsciência. Dizem que, quando não aprendemos a lição, a história se repete de maneiras diferentes. Talvez seja um teste.Sigo quieta, apenas …

Continue Reading
Silene Santos

TOCA O SURDO

Um Brasil sem carnaval fica um pouco sem tempero, fica meio insosso. Brasil com gosto bom é com carnaval e futebol. É claro que não é apenas isso, mas, reconheçamos, quando falam do Brasil no exterior, lembram logo das nossas qualidades culturais e futebolísticas. Tudo bem que essa última nem tanto, porque ainda está difícil, …

Continue Reading
Andrea Bucci

SORTE NA JORNADA

Tem gente que nasce com sorte na vida. Seja a sorte o acaso ou a conjunção de fatores como: estar preparado, no lugar certo, na hora certa. Não importa. Sorte é sorte. Tem gente que tem a sorte de nascer saudável, de ter pais presentes, um lar decente e acolhedor e familiares bacanas. Uma boa …

Continue Reading
Autor convidado

EM 2021, ENCONTRE A SUA PLANTINHA

Eu já sabia, mas reafirmei o meu amor por plantas e aprendi muito com elas em 2020. Foi ao receber uma ligação de um cliente da Newton (agência da qual sou sócio) com um problemão pra resolver que meu gatilho disparou: coloquei o celular no viva voz e enquanto falava com ele, retirava as folhas …

Continue Reading
Silene Santos

CENAS BANAIS DO CODITIANO

Há poucos dias, no fim do ano passado, a imprensa registrou a morte de um morador de rua dentro de uma padaria na cidade do Rio de Janeiro. Foi morrer justamente no famoso bairro de Ipanema. Nada de surpresa num acontecimento como este, ainda que nessas condições morra muito mais gente em bairros da Baixada …

Continue Reading
Autor convidado

1968, O ANO QUE NÃO ACABOU…

Ao ler o artigo “Afrodite perdeu o rumo”, publicado neste blog, de autoria do jornalista e diretor da Área, Emílio Alonso, em que ele conta sua experiência quando ainda jovem, ao final dos anos 70 e início dos 80, junto com uma trupe de outros jovens libertários, que editavam mensalmente um fanzine que tratava de …

Continue Reading
Emílio Alonso

AFRODITE PERDEU O RUMO

Nos anos em que os presos políticos da ditadura militar começaram a deixar o cárcere, no final dos anos 70 e início dos 80, tínhamos, eu e uma trupe de jovens “libertários” da periferia, um jornal editado mensalmente chamado “Afrodite Perdeu o Rumo”. Era o que na época chamavam de fanzine, uma espécie de blog …

Continue Reading
Silene Santos

SOMBRA E LUZ

“O medo cega a gente”. A frase, que já faz parte dos ditos populares, ilustra o poder que uma sensação tem de paralisar quando se quer seguir, de amordaçar quando se quer gritar, de fazer sair de dentro do corpo um suor frio, quando o calor do verão é quem dita as regras do lado …

Continue Reading