Jota R Pereira

COMUNICAÇÃO PARA UM NOVO MUNDO

Há algo grandioso acontecendo embaixo dos nossos narizes que não podemos mais ignorar. Não é uma mudança abrupta, radical, mas leve e natural. Não é uma revolução, talvez seja mais parecida como uma rebelião, algo silencioso e pessoal, em oposição a um mundo que não nos serve mais.

Os paradigmas que sustentaram nossa sociedade estão caindo um a um. A forma como enxergamos a educação, política, trabalho, meio ambiente, consumo, alimentação, saúde e, também, a comunicação, já não se sustentam mais nos modelos que nossos pais e avós ensinaram. Não fazem mais sentido em um mundo extremamente conectado e colaborativo e em um momento em que as pessoas buscam mais significado para suas vidas.

Estamos iniciando tempos novos, alguns chamam de “a era da verdade”, outros de “tempo de regeneração”, não importa, estamos entrando em um tempo em que a autenticidade e a busca pelo propósito individual e coletivo, se faz cada vez mais necessária.

Existe dentro de cada um de nós um devir, um “vir a ser”, uma busca interna. Não basta mais cumprir nosso papel, “trabalhar duro” e conquistar alguma coisa. Não faz mais sentido vencer e chegar no topo deixando muitos abaixo de nós, hoje a colaboração veio para substituir a competitividade. Nesse momento de transição, essa pandemia que fez um grande estrago em nosso planeta, também promoveu curas e reflexões, nos ensinou que sozinhos podemos ir mais rápidos, mas juntos, podemos ir bem mais longe.

Pertenço a “geração X”, nascida entre 1965 e 1981. Sou um publicitário que viveu o auge da propaganda no Brasil, onde vários profissionais se destacaram, viraram quase “pop-stars” em uma época em que se dava mais importância à estética do que ao conteúdo. A valorização individual se sobrepôs ao coletivo e ser um cara de sucesso significava ter grana, sucesso e muitos abaixo de você. O modelo de sucesso foi construído para formar profissionais e não seres humanos.

O mundo está mudando e isso é uma ótima notícia. E com ele, a comunicação. Isso nos dá um grande alívio pois, cada dia mais, poderemos unir as duas coisas que mais amamos: fazer uma ótima comunicação e ajudar pessoas. A Área sempre esteve alicerçada na comunicação de interesse público, nunca vendemos sabonete, carros ou margarinas, nada contra, mas essa não é a nossa “área”.

Gostamos de trabalhar com gente que ajuda gente, com causas e não com produtos. É uma postura empresarial e de vida que nos enche de orgulho e tem atraído pessoas com a mesma visão de trabalho e de mundo. Trabalhamos para que a comunicação seja instrumento de mudança nesse mundo, que não seja mais usada para vender falsos estereótipos do que é ser feliz, não sirva mais para criar uma falsa autoestima na intenção de vender mais um produto que não precisamos.

Como diria John, sou um sonhador, mas não sou o único. E espero que algum dia você se junte a nós.

Texto inspirado no texto de Gustavo Tanaka (Há algo grandioso acontecendo no mundo) e no livro de Roberto Tranjan (O Velho e o Menino).
https://guiadaalma.com.br/ha-algo-de-grandioso-acontecendo-no-mundo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *