JR Pereira

PODCAST: CONSUMA QUANDO E ONDE QUISER

Já ouviu algum programa no rádio e no final pensou: “Puxa, queria tanto ouvir isso de novo. E agora, como faço? Sabia que dá pra escolher um tema da sua escolha e que existem milhares deles totalmente disponíveis (e grátis) à disposição? E que você pode ouvir novamente seu programa favorito, quando quiser e onde bem entender? Pois bem, bem-vindo(a) ao mundo dos podcasts!

É a liberdade de consumir o conteúdo de sua preferência conforme as suas necessidades. A maioria dos veículos de comunicação disponibilizam essa opção para sua audiência, como a CBN e o Estadão, por exemplo.

Mas, porque o podcast está tão na moda? Nem novo ele é…

O termo Podcast surgiu em 2004, da união das palavras iPod e broadcast, que significa transmissão por rádio. Este conceito é creditado a Adam Curry, ex-VJ da MTV. O mercado de podcast aumenta cada dia mais. É um caminho sem volta para o consumo de conteúdo. Vide a evolução das gigantes Spotify e Netflix que disponibilizam conteúdo sob demanda para seus clientes consumirem quando quiserem. Ambas participaram do SXSW 2019 e falaram sobre as tendências desse tipo de mídia e seu potencial.

O site B9, publicação especializada em comunicação, intitula o podcast como “a segunda era de ouro do áudio”, cita a participação destas marcas no evento, destacando a participação de Dawn Ostroff, CCO do Spotify. Ele aborda o tema e diz que usuários que ouvem podcast passam o dobro de tempo na plataforma e consomem mais música, consequentemente, gerando mais audiência e lucro para a empresa.

Em tempo: o SXSW, ou South By Southwes, que é um dos maiores eventos de inovação do mundo, reúne investidores, empreendedores, líderes de grandes empresas, além de personalidades relevantes da música e cinema, cita abertamente esta nova “onda” dos podcasts.

No Brasil, o mercado de comunicação em geral, incluindo aí a comunicação pública, deve considerar o aumento da importância dessa ferramenta em suas estratégias. Hoje, qualquer pessoa, empresa, instituição pode criar seu próprio podcast, podendo contar com o auxílio de diversos programas e aplicativos que ajudam nessa tarefa, ou seja, é possível trabalhar com essa opção de divulgação sem dificuldades.

É importante considerar que o podcast é uma experiência libertadora para o usuário que necessita consumir conteúdo sob demanda, além de ser um meio inovador de monetização para veículos de comunicação e uma oportunidade para marcas atraírem audiência qualificada, por isso, deve ser analisada e ponderada em seu próximo planejamento estratégico.

E você ou sua organização, já pensou em fazer um?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *